Press "Enter" to skip to content

São Cipriano e a Religião

Cipriano foi o homem que foi de bruxo a santo e, como santo, faz parte de algumas religiões, e também do esoterismo (prática baseada em fenômenos sobrenaturais).

Muito se falou sobre São Cipriano ao longo dos anos e, se para uns ele é uma figura assustadora, para outros é um Santo que, quando invocado, vem em nosso auxílio.

São Cipriano tornou-se uma lenda não só em Portugal, como no Brasil e países latino-americanos, assim como o seu livro, um grimório que contém diversos rituais de ocultismo e exorcismo, supostamente magias e “simpatias” (conjurações populares), com múltiplas finalidades, inclusive para o cotidiano.

Embora o livro se coloque como escrito por São Cipriano, o livro real apareceu séculos após sua morte e contém o encontro de Cipriano com Justina e toda a história dos dois, até o último dia de suas vidas.

Veja:  Os Signos Segundo São Cipriano

Se você quer saber quem foi São Cipriano, o mago, saiba que a figura de São Cipriano mago é lendária, pois ele foi um feiticeiro que vendeu sua alma ao diabo.

Mas se tornou santo, mesmo tendo sido um homem do mal por boa parte de sua vida. Há uma dualidade neste santo que, para você entender, só será possível descobrindo toda a sua história.

E a história de São Cipriano não está somente dentro da religião católica. São Cipriano está relacionado a linha dos pretos velhos da umbanda.

A linha dos pretos velhos, existente na umbanda, também é chamada de linha de São Cipriano e trata-se de uma falange de entidades de fala pausada e tranquilidade nos gestos, que escutam e ajudam aqueles que necessitam, independente de sua cor, idade, sexo e religião.

Veja:  O Manto Invisível de São Cipriano

Mas, voltando para a religião católica, a lenda de São Cipriano – O Feiticeiro – confunde-se com um outro célebre Cipriano imortalizado na Igreja Católica, conhecido como Papa Africano.

E o Livro de São Cipriano que tanto se fala é usado largamente nas religiões afro-brasileiras, e se tornou um “almanaque ocultista” de fácil acesso que se dilui na crendice popular.

São Cipriano, o bruxo que se tornou cristão, é o responsável pelo livro de magia conhecido como O Livro da Capa Preta de São Cipriano e foi um dos bruxos mais poderoso do mundo.

Tão famoso que já foi tema de discurso do Papa Bento XVI e é chamado de “O Mago dos Magos”. Há boatos de que São Cipriano está presente até na maçonaria, o que não tem nada a ver com religião.

Veja:  São Cipriano do Bem
Compartilhe Esta Página: