Ritual de Limpeza Profunda com São Cipriano

O ritual de limpeza profunda com São Cipriano é um ritual onde você vai utilizar velas, especiarias e ervas e água para fazer o trabalho.

O procedimento é simples e vai promover uma anulação e um banimento de energias, magias e maldições que podem estar impregnadas em você ou em qualquer outra pessoa que você deseje limpar através deste ritual, que utiliza um decreto de São Cipriano para desfazer e desligar toda e qualquer tipo de energia contrária ao Deus da Criação.

Mas o ritual não termina com a oração. Preste atenção às instruções finais e, se puder, siga o conselho final.

Algumas dúvidas foram respondidas no final do artigo.

Materiais Necessários:

  • 1 Vela Bicolor (metade preta e metade branca) e 1 vela branca (ou você pode usar duas velas brancas)
  • 1 Punhado de sal de cozinha, alecrim, hortelã moído ou picadinho e casca de alho
  • Pires ou prato
  • 1 Copo com água
  • 1 Faca ou punhal (não precisa ser novo, mas tem que estar limpo e seco)

Procedimento:

Pegue a vela bicolor e escreva seu nome do pavio para baixo e, ao lado, escreva as palavras “LIMPEZA“, “ANULAÇÃO” e “BANIMENTO“.

Se você não encontrar a vela bicolor, poderá usar uma vela branca, mas aí terá que fazer o seguinte: Corte o pavio original da vela, deixando reto, como a base original.

Vire a vela de ponta cabeça e corte a base original até que o pavio apareça. Neste momento, sua vela está REVERSA, ou seja, pronta para reverter o mal em bem, aí basta você escrever o nome e as palavras do novo pavio, ou seja, da base original que você cortou para o pavio antigo.

Misture o sal de cozinha com a hortelã, a casca de alho e o alecrim. Agora, coloque esta vela no pires ou pratinho e, ao redor, faça um triângulo com o sal de cozinha misturado com as ervas.

Agora, pega o copo com água e coloque uma colher de sal. Coloque, agora, a faca ou punhal em cima da boca do copo (não é para enfiar dentro do copo, é para colocar em cima da boca).

Coloque ao lado do pires, acenda a vela e faça a seguinte oração, que é o conjuro de São Cipriano que anula toda e qualquer energia, magia e maldições que estejam atacando sua vida – a oração é grande, mas precisa ser rezada inteiramente e sem interrupção.

Eu, (diga seu nome), servo de Deus, a quem amo de todo o meu coração, corpo e alma, pesa-me por vos amar, desde o dia em que me destes o ser.

Porém, vós, meu Deus e meu Senhor, sempre vos lembrastes um dia, deste vosso servo (diga seu nome).

Agradeço-vos, meu Deus e meu Senhor, de todo o meu coração, os benefícios que de vós estou recebendo, pois agora, ó Deus das criaturas, dai-me força e fé para que eu possa desligar tudo quanto tenho ligado, para o que invocarei, sempre o vosso santíssimo nome.

Em nome do Padre, do Filho e do Espírito Santo, Amém.

Vós que viveis e reinais, por todos os séculos dos séculos. Amém.

É certo, Nosso Deus, que agora sou vosso servo (diga seu nome), dizendo-vos: Deus, forte e poderoso, que morreis no grande cume, que é o céu, onde existe o Deus forte e santo, louvado sejais para sempre!

Vós, que vistes as malícias deste vosso servo (diga seu nome)! E tais malícias, pelas quais eu fui metido, debaixo do poder do diabo, mas eu não conhecia vosso santo nome, ligava as mulheres, ligava as nuvens do céu, ligava as águas do mar para que os pescadores não pudessem navegar para pescarem o peixe para sustento dos homens, pois pelas minhas malícias, minhas grandes maldades, ligava as mulheres prenhes para que não pudessem parir, e todas estas cousas eu fazia em nome do demônio.

Agora, meu Deus, o torno a invocar para que sejam desfeitas e desligadas, as
bruxarias e feitiçarias, da máquina ou do corpo desta criatura (fulano).

Pois vos chamo, ó Deus poderoso, para que rompais todos os ligamentos dos homens e das mulheres.

Caia a chuva sobre a face da terra, para que de seu fruto, as mulheres tenham seus filhos; livre de qualquer ligamento que lhe tenha feito, desligue o mar, para que os pescadores possam pescar.

Livre de qualquer perigo, desligue tudo quanto está ligado nesta criatura do Senhor; seja desatada, desligada de qualquer forma que o esteja; eu a desligo, desalfineto, rasgo, calço e desfaço tudo, monecro ou monecra que esteja em algum poço ou levada, para secar esta criatura (fulano), pois todo o maldito diabo e tudo seja livre do mal e de todos os males ou maus feitos, feitiços,
encantamentos ou superstições e artes diabólicas.

O senhor tudo destruiu e aniquilou: ó Deus dos altos céus seja glorificado e na terra, assim como por Manoel, é o nome de Deus poderoso.

Assim como a pedra seca se abriu e lançou água, de quem beberam os filhos de Israel, assim ó Senhor poderoso, com a mão cheia de graça, livre este vosso servo (seu nome ou da outra pessoa) de todos os malefícios, feitiços, ligamentos, encantos e tudo que seja feito pelo diabo, ou seus servos, e assim que tiver esta oração, sobre si, e a trouxer consigo, ou tiver em casa, seja com ela, diante do paraíso terreal, do qual saíram quatro rios, cinquenta e seis tigres Eufrates, pelos quais mandaste deitar água a todo o mundo, por cujos vos suplico.

Senhor meu Jesus Cristo, filho de Maria Santíssima, a quem entristecer, ou maltratar pelo maldito maligno espírito, nenhum encantamento, nem maus feitos, não façam nem renovem cousa alguma má contra este vosso servo (seu nome ou da outra pessoa), mas todas as cousas aqui mencionadas, sejam obtidas e anuladas, para a qual eu invoco as setenta e duas línguas que estão repartidas por todo o mundo e qualquer dos seus contrários sejam aniquilados as suas pesquisas pelos anjos, seja absoluto este vosso servo (seu nome ou da outra pessoa), com toda a sua casa e cousas que nela estão, sejam todos livres
de todos os malefícios e feitiços pelo nome de Deus Padre, que nasceu sobre Jerusalém, por todos os anjos e santos e por todos os que servem, diante
do paraíso, ou na presença do alto Deus Pai Todo Poderoso, para que o maldito diabo, não tenha poder de empecer à pessoa alguma.

Qualquer pessoa que esta oração trouxer consigo, ou lhe for lida, ou onde estiver algum sinal do diabo, de dia ou de noite, por Deus, Jacques e Jacob, o inimigo maldito seja expulso para fora; invoco a comunhão dos Santos Apóstolos, de Nosso Senhor Jesus Cristo, São Paulo, pelas orações das religiosas.

Pela formosura de Eva, pelo sacrifício de Abel, por Deus unido a Jesus, seu eterno Pai, pela castidade dos fiéis, pela bondade deles, pela fé em Abraão, pela obediência de Nossa Senhora quando ela livrou a Deus, pela oração de Madalena, pela paciência de Moisés, sirva a oração de São José, para desfazer os encantamentos, Santos e Anjos valei-me, pelo sacrifício de São Jonas, pelas
lágrimas de Jeremias, pela oração de Zacarias.

Pela profecia e por aqueles que não dormem de noite e estão sonhando com Deus Nosso Senhor Jesus Cristo, pelo profeta Daniel, pelas palavras dos Evangelistas, pela coroa que deu a Moisés, em línguas de fogo, pelos sermões que fizeram os Apóstolos, pelo nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo, pelo seu santo batismo, pela voz que foi ouvida do Padre Eterno, dizendo: “Este é meu filho escolhido e meu amado; deve-me muito apreço, porque toda a gente o teme, e porque fez abrandar o mar e fez dar frutos à terra”.

Pelos milagres dos anjos; que juntos a Ele estão, pelas virtudes dos Apóstolos, pela vinda do Espírito Santo que baixou sobre eles, pelas virtudes e nomes que
nesta oração, estão pelo louvor de Deus, que fez todas as cousas.

Pelo Pai (faça o sinal da cruz), filho (faça o sinal da cruz), Espírito Santo (faça o sinal da cruz), (seu nome ou da outra pessoa), se está feita alguma feitiçaria, nos cabelos da cabeça, roupa do corpo, ou da cama, no calçado, ou em algodão, seda, linho ou lã, ou em cabelos de cristão, ou de mouro, ou de hereges, ou em osso de criatura humana, de aves ou de outro animal; ou de madeira; ou em livros, ou em sepulturas de cristão, ou em sepulturas de mouros, ou em fonte ou ponte, ou altar, ou rio, ou em casa, ou em paredes de
cal, ou em campo, ou em lugares solitários, ou dentro das igrejas, ou repartimentos de rios, em casa feita de cera ou mármore, ou em figuras feitas de fazenda, ou em sapo ou saramântiga, ou bicha ou em bicho do mar ou do rio, ou do lameio, ou em comidas ou bebidas, ou em terra do pé esquerdo ou direito, ou em qualquer outra cousa em que se possa fazer feitiços.

Todas estas cousas sejam desfeitas e desligadas, deste servo (diga seu nome ou o nome da pessoa que você está limpando, caso esteja fazendo para alguém) do Senhor, tanto as que eu, (diga seu nome), tenho feito, como as que têm feito, essas bruxas servas do demônio; isto tudo vale ao seu próprio ser, que dantes tinha ou em sua própria figura ou na que Deus criou.

Santo Agostinho e todos os santos e santas, por santo nome, que façam que todas as criaturas sejam livres do mal do demônio.

Amém.”

Agora, você irá acender a outra vela branca normalmente, e vai oferecer à São Cipriano, agradecendo
à ele por ter feito esta limpeza em sua vida.

Reze 3 Pai-nossos em agradecimento ao Santo que lhe ajudou. Deixe tudo queimar e, quando terminar de queimar a vela, jogue tudo em uma sacola plástica e já jogue na rua para o lixeiro levar – não aconselho deixar restos de elementos de rituais de limpezas em casa, pois pode voltar o que foi limpo.

Conselho:

Tome um banho de limpeza com hortelã e alecrim após o término do ritual para fazer a limpeza ser mais poderosa.

Porém, não é obrigatório.

Dúvidas Respondidas:

Quais dias posso fazer esta magia?

Qualquer dia e qualquer horário.

Posso fazer dentro de casa?

Sim, pode fazer dentro de casa.

Posso fazer para outra pessoa?

Pode, mas lembre-se de uma coisa: Só podemos dar aquilo que temos. Então, se sua vida não está positiva e abençoada, limpe-se primeiro para depois querer limpar os outros.

Posso repetir outras vezes?

Sim, pode fazer esta magia sempre que sentir necessidade de se limpar.

Orações de São Cipriano: E-book no formato PDF contém TODAS as orações, invocações e súplicas do bruxo, feiticeiro e santo São Cipriano. Clique Aqui e Confira!

Deixe um comentário