Oração a São Cipriano e Santa Justina

Oração a São Cipriano e Santa Justina

A seguinte oração, provavelmente foi uma oração feita por Cipriano antes de falecer com Justina, pedindo perdão a Deus por seus pecados na Terra e suplicando pelas pessoas de bom coração.

Se você não conhece a história de Cipriano e Justina, clique aqui.

Ó Deus Omnipotente e Eterno que por meio de vossa serva Justina, com quem vou perder a vida temporal para alcançar a eterna, eu vos peço humildemente perdão de todos os malefícios que cometei durante o tempo que meu espírito esteve preocupado com o dragão infernal; em pagamento do sacrifício de minha vida, suplico-vos que minhas preces sejam ouvidas a favor de todos aqueles que de bom coração vos suplicarem a saúde de seu corpo e alma, recordando–vos, Senhor, que com uma só palavra tirastes o maligno espírito daquele santo varão de que nos fala a Escritura, que ressuscitastes Lázaro, morto há três dias, que devolvestes a vista ao santo Tobias, cego por instigação de Satanás, que sois o soberano Dominador de vivos e mortos. Compadecei-vos, Senhor, de todos aqueles que sabeis serem vossos por sua fé, esperança e boas obras, e vos suplico que aqueles que estejam ligados com feitiços, bruxarias ou possuídos do espírito maligno, os desateis para que possam, com toda liberdade, vos servir com tantas e boas obras e que os desinfeiticeis para que possam usar de seu arbítrio em vosso serviço; que os desembruxeis para que o lobo raivoso não possa dize que tem domínio sobre alguma ovelha de vosso rebanho, comparada a custo de vosso preciososíssimo sangue derramado no monte do Gólgota. Livrai-nos, Senhor Todo-Poderoso, do anjo rebelde, para que, já livres do inimigo comum, vos louvemos, bendigamos, adoremos, exaltemos, santifiquemos e confessemos a Vós, ao Pai e ao Espírito Santo, com todo o coro de Anjos, Patriarcas, Profetas, Santos, Santas, Virgens, Mártires, Confessores de vossa Santa Glória. E vos suplico, Senhor, que em nome de Santa Justina preserveis ao vosso servidor…( citar o nome da pessoa) de todos os malefícios, perfídias, enganos e ardis de Lúcifer e de perseguir Vosso Santo Nome, que para sempre louvado seja. Preservai a vista, o pensamento, as  obras, os filhos, os bens, animais, semeaduras, árvores, comestíveis e bebidas, não permitindo que vosso servidor …( citar o nome da pessoa) sofra qualquer investida do demónio, antes, iluminai-o, dando-lhe a vista conveniente para ver e observar vossas maravilhas na obra da Natureza; rectificai meu entendimento para que possa contemplar vossos favores e dirigir os negócios a um bom fim; desatai minha língua para cantar os louvores de vossa bondade, dizendo: louvado sejais, Deus Pai, Deus Filho, Deus Espírito Santo, três pessoas em um só Deus, que tudo criou do nada; se tenho preguiça nas acções, dignais-vos fazer que a preguiça de mim fuja, para poder me empregar em acções de vosso agrado; se má direcção houver nos bens, filhos e demais dependentes deste vosso servidor…( citar o nome da pessoa), suplico-vos, Senhor, a troqueis em boa, para emprega-la em todo vosso santo serviço; e finalmente, aceitai, ouvi e concedei-me o que eu vos vou pedir em paga do sacrifício que fizeram de suas vidas vossos mártires Cipriano e Justina, com as seguintes preces:

Senhor, apiedai-vos de mim.

Jesus Cristo, apiedai-vos de mim.

Senhor, ouvi-me.

Deus Pai que estais no céu,

Deus Filho, redentor do mundo,

Deus Espírito Santo, apiedai-vos de mim.

Santa Trindade, apiedai-vos de mim.

Todos os Santos Apóstolos, Evangelistas e Discípulos do Senhor, rogai por mim.

De todo mal, livrai-me, Senhor.

De todo pecado, livrai-me Senhor.

De vossa ira, livrai-me Senhor.

De morte repentina, livrai-me Senhor.

Dos laços do demônio, livrai-me Senhor.

Da ira, ódio e má vontade, livrai-me Senhor.

De terramotos, livrai-me Senhor.

Anjos do céu, ouvi-me.

Prestai-me vossa ajuda.

Sem vós, meu coração perde toda a sua força.

Fiquem cheios de confusão os que tentam contra a minha vida espiritual.

Eia, eia! – vão eles gritando. Logo cairás em nossos laços, seguiremos os teus passos e neles acabarás caindo.

Mas os que amais, Senhor, e vos honram dia e noite, por isso que invocam o seu Libertador.

Deus clemente, vós conheceis minha miséria, minha pobreza e minha fraqueza; não me negueis vosso auxílio.

Sede, Senhor, meu defensor na perseguição de meus inimigos.

Fugi, amigos de minha desgraça; em meu Deus encontrei graças; fugi.

Que estes inimigos sejam confundidos e afastados, Senhor.

Que venham trovões e tempestades de más influência, para que se afastem de minha presença.

Sejam inúteis, Senhor, os passos de meus inimigos.

Livrai-me de suas emboscadas, Senhor.

Concedei-me essa graça, Senhor.

Salvai, Senhor, vosso servo; eu vos suplico por vosso amor.

Senhor, ouvi minha súplica; e que o grito de meu coração cheguei até vós meu Deus.