Oração de Santa Justina Contra Inimigos e Desejos da Carne (Luxúria)

Justina foi uma mulher frequentemente atacada por homens que desejavam estuprá-la, no entanto ela era sábia e recorria à Deus através da oração.

Jesus Cristo é quem socorria sua alma e não permitia que os homens abestados lhe violentassem. Mas ela não orava pouco.

Justina orava muito, até seus desejos despertos por magia negra cessarem e o próprio diabo assumiu sua fraqueza perante sua arma: o sinal da cruz.

Abaixo, você pode conferir a história de como Justina superou os pensamentos perversos causados por Aglaias e como, através do sinal da cruz e da oração, escapou de todas as armadilhas dos seus adversários.

Justina Venceu os Desejos da Carne

Justina estava acostumada a oferecer oração ao Senhor todas as noites; e quando, na terceira hora da noite, levantou-se para orar à Deus, sentiu repentinamente em seu corpo, um vento forte, uma tempestade maligna de desejos carnais, a queima das chamas da geena.

Ela ficou assolada por esse ataque e tempestade interior por um longo tempo: o jovem Aglaias veio à sua mente, e pensamentos perversos surgiram nela.

Ela sentiu o sangue ferver nela como uma chaleira, e a donzela ficou maravilhada e envergonhada por considerar o que sempre considerara vil.

A sábia Justina percebeu que fora o diabo quem provocara essa luta dentro dela, e, imediatamente, ela pegou a arma do sinal da cruz.

Apressou-se à Deus em fervorosa oração e clamou à Cristo, seu noivo, do fundo de seu coração, dizendo:

“Ó Senhor Jesus Cristo, meu Deus, eis que meus inimigos se levantaram contra mim e prepararam uma armadilha para os meus pés!

Minha alma é abatida, mas lembrei-me do Teu nome durante a noite e fico feliz. Ao redor, fugi para ti, esperando que o meu adversário não se regozijasse sobre mim, pois sabes, ó Senhor meu Deus, que sou tua serva, porque guardei a pureza do meu corpo e Confiei a minha alma; portanto, preserva o teu cordeiro, ó bom pastor.

Não permita que a besta que procura me devorar consuma-me e me conceda a prevalecer sobre os maus desejos da minha carne”.

Tendo orado assim por um longo tempo, a santa virgem colocou o inimigo em vergonha. Superado por sua oração, ele fugiu dela em humilhação, e a calma voltou ao corpo e coração de Justina.

A chama do desejo foi extinta, o conflito dentro dela cessou, seu sangue fervente se acalmou e ela cantou um hino de vitória, dando glória a Deus … fazendo com que o diabo assumisse sua fraqueza perante o sinal da cruz, dizendo assim:

“Não podemos”, disse o diabo, “suportar olhar para o sinal da cruz, mas devemos fugir dela, pois como fogo nos queima e nos afasta”.

Envergonhe Você Também Seus Inimigos

Se algum homem também está tentando causar-lhe desejos que você não quer, agora você já sabe que isso pode ser combatido com a fé.

Faça a oração de Santa Justina acima e vença a luxúria. Recorra à Deus e à Jesus Cristo, orando muito e tendo como referência a história de Justina, que venceu os desejos da carne.

Deixe um comentário