Press "Enter" to skip to content

Como Fazer Pacto com o Demônio e Dele Obter Tudo o que Quiser

Pacto com o demônio é um assunto polêmico, onde tem sempre aquele grupo de pessoas que repudiam, aquele outro que descrê completamente e, como não poderia deixar de ser, aqueles que tem o desejo de fazer, que daria tudo para ter um pacto com o demônio.

Esta possibilidade não pode ser completamente excluída, afinal ninguém sabe tudo sobre o mundo oculto, mas fazer o pacto apenas para comprovar a possibilidade e a existência de demônios também não é aconselhável.

Se você repudia este tipo de coisa ou assunto, aconselho que deixe de ler á partir daqui. Este artigo é para quem tem plena certeza de que quer fazer um pacto, se for realmente possível.

Eu não posso dizer que dá certo, porque nunca fiz, mas como tem pessoas que desejam tentar e o passo-a-passo vem do Livro de São Cipriano, então eu não poderia deixar de postar aqui.

O ritual exige materiais um pouco difíceis de obter, mas você já devia imaginar que um pacto com o demônio não seria fácil…

Vai exigir um pouco do seu sangue, então lembre-se de utilizar objetos esterilizados para se cortar. Sem cortes muito profundos, hein?!, senão você vai acabar se matando…

Você vai precisar de ovos e, provavelmente, será mais fácil fazer esse pacto em uma fazenda, chácara, sítio…, pois você precisará chocar esse ovo em estrume ou debaixo de uma galinha preta.

Você também precisará de uma caixa prata e de pó prata. Essas coisas talvez você encontre em uma loja esotérica, loja de antiguidades, no Mercado Livre, etc.

O texto á seguir foi copiado, na íntegra, do livro O Legítimo Capa Preta de São Cipriano. Mais informações do que isso, eu não posso dar.

Como Fazer Pacto com o Demônio e Dele Obter Tudo o que Quiser

Tomar um pergaminho virgem, depois fazer a escritura da sua alma ao demônio com o próprio sangue.

Escrever da seguinte maneira:

— Eu, com o próprio sangue do meu dedo mindinho, faço escritura a Lúcifer, imperador do inferno, para que ele me faça tudo quanto eu desejar nesta vida, e se isto me faltar, lhe deixarei de pertencer (assinar).

Depois de escrever tudo no pergaminho, pegar um ovo de uma galinha preta castiçada de um galo da mesma cor e escrever no dito ovo a escritura que se fez no pergaminho.

Tudo pronto, abrir um pequeno buraco no ovo e deitar lá dentro uma gota de sangue do dedo mindinho da mão direita, depois embrulhar o ovo em algodão em rama e pôr entre uma pilha de estrume, ou debaixo de uma galinha preta.

Deste ovo nascerá um diabinho, que depois deve ser guardado dentro de uma caixa de prata com pó da mesma prata, e se introduzirá, todos os sábados, dentro da caixa, o dedo mindinho, para que o diabinho possa mamar.

Assim, depois de o possuir, poderá ter tudo quanto quiser deste mundo. Mas, sobre esta prática, diz S. Cipriano, no capitulo XLV do seu santo livro:

Todo o filho de Deus que entregar a sua alma ao demônio, será na mesma hora, amaldiçoado por quem o criou e lhe deu o ser, que foi Nosso Senhor Jesus Cristo.

É preciso dizer que não transcrevemos estas receitas diabólicas para que os leitores as pratiquem; deixamo-las aqui porque entendemos ser de utilidade saber-se de tudo quanto se faz de bom e mau, para que aqueles que tomarem o mau caminho dele, se desviem, antes que o arrependimento seja tarde.

Compartilhe Esta Página:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WhatsApp chat