Se está em dúvida se seu parceiro ou parceira está lhe traindo? Acabe com essa dúvida fazendo esse ritual do livro de São Cipriano!

Material usado:

  • 30 gramas de enxofre;
  • 30 gramas de limalha de ferro;
  • fotografia da pessoa da qual questiona-se a fidelidade;
  • couro preto;
  • água.

Procedimento:

Faz-se na terra de seu quintal. Ou em uma mata, uma cova de profundidade de dois pés. Com o enxofre, o pó de ferro e a água, faz-se uma massa.

Coloque-a na cova, por cima da massa, deite a fotografia, envolvida em couro preto. Senão possuir a foto da pessoa, escreva o seu nome em um pedaço de papel sem linha; escreva com lápis, jamais com caneta.

Coloque em cima da massa que deverá também estar coberta pelo couro. Com a mesma terra que abriu a cova, usa-se para cobrir e vá dizendo:

“Santo São Cipriano faz com que eu saiba se (dizer nome da pessoa) me é infiel”.

Deixe passar 15 horas (este é o tempo para a magia concluir-se), a terra entrará em ebulição, como se fosse um pequeno vulcão, que produzirá pequenas labaredas cinzentas.

Se a foto (ou papel com o nome) for expelida pelo fogo é porque a pessoa é fiel. Se for atacada, é porque esta pessoa está queimada pelo amor.

Se a foto ficar dentro da cova, é porque a pessoa está presa em fortes laços sentimentais. Se for atirada a curta distância, é porque a pessoa tenta desligar-se de sua prisão.

Se for atirada longe, a pessoa foi liberta e pronta para voltar para a pessoa amada, ou seja, a pessoa que a chama.

 

A fama da raiz do sabugueiro atravessou séculos e séculos, este foi usado por muitos estudiosos, alquimistas e célebres feiticeiros, mas não são todos os feiticeiros e bruxas que na época tiveram em suas mãos o poder desta raiz.

Esta fórmula foi descoberta escrita em pergaminho, trancada dentro de um cofre de bronze em Montessart, Espanha, na época áurea dos mouriscos.

Ao cortar a raiz do sabugueiro, trate de colocá-lo num lugar muito escuro, pois só assim se poderá ver os vapores, como se fossem as do enxofre, evoluindo no ar como se fossem labaredas crepitantes.

Coloque a mão direita sobre o coração e diga a oração: “Que o coração de (nome da pessoa), deite fagulhas de entusiasmo por mim, como as eu estão saindo agora desta abençoada raiz”.

Observação: Esta raiz dura geralmente seis meses com as evaporações, enquanto ainda estiver verde. Por isso será sempre bom já ter uma outra que receberá a virtude da seca e ritualizada, assim que acabar de queimar.

O trevo de quatro folhas tem as mesmas prioridades mágicas que a semente do feto. Para usar sua magia, proceder da mesma forma como foi descrito quanto à semente do feto (veja aqui).

Muda apenas a oração, que é a seguinte:

“Eu, criatura do Senhor, remida com o seu Santíssimo Sangue, que Jesus Cristo derramou na Cruz para nos livrar das fúrias de Satanás, tenho uma vivíssima fé nos poderes edificantes de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Mando ao demônio que se retire deste lugar para fora, e o prendo e amarro no mar coalhado, não perpetuamente, mas sim até que eu colha este trevo; e logo que eu o tenha colhido te desamarro da tua prisão.

Tudo isto pelo poder e virtude de Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.”

Se o demônio aparecer naquele momento em que for invocado, deve-se mandá-lo se ausentar e somente então pedir o que se deseja, e ele tudo fará para não ser preso.

No fim de tudo isto bem executado, deve-se tomar posse do trevo, e fazer tudo o que se deseja, conforme está escrito no livro de São Cipriano.

Quer descobrir sua sorte e os trabalhos que tem de passar? Utilize este ritual do livro de São Cipriano para receber mensagens e sinais.

Material usado:

  • Um ovo posto por uma galinha preta;
  • Um copo virgem de vidro.

Procedimento:

Este ritual deverá ser feito na noite de São João (24 de junho). Deixe ao relento o ovo da galinha preta, quebrado dentro do copo com água.

De manhã, ao nascer do sol, vá vê-lo, e verá sua sorte e os trabalhos que tem de passar. Neste ritual você tem de estar com a mente desanuviada e muito concentrado, para poder decifrar as mensagens formadas pelos desenhos que a gema e a clara lhe mostrarão.

Se não conseguir de imediato, não fique aborrecido, achando que não foi atendido, ou porque o ritual falhou. É só uma questão de paciência para poder entender os sinais.

Ao bater a meia-noite, na noite de São João, colocar uma toalha debaixo de uma semente de feto, onde já deverá estar desenhado um signo-saimão, que deverá ser abençoado em nome do Padre, do Filho e do Espírito Santo, para que o demônio não possa entrar dentro do risco do desenho.

Depois, a própria pessoa deve entrar dentro do risco; mais pessoas podem entrar ao mesmo tempo dentro do risco se desejarem; então, ele deverá ser previamente traçado na largura precisa, para que caibam nele todas as pessoas que irão participar da cerimônia.

Deve-se dizer em voz alta (por todos os participantes) a Ladainha dos Santos. Depois, a semente deve ser repartida entre todos.

Cada pessoa deverá dizer estas palavras sobre a semente do feto:

“Semente do feto, que na noite de São João foste colhida à meia-noite em ponto. Foste obtida e caíste em cima de um signo-saimão, assim me servirás para toda a qualidade de encantos; e assim com Deus e em ponto divino de São João, o Pai, e em ponto humano de São João, o Primo, assim toda pessoa por quem tu fores tocada se encante comigo.

Tudo isto será cumprido pelo poder do grande Deus Onipotente, porque eu, (citar o próprio nome), te cito e notifico que não me faltarás a isto pelo sangue derramado de Nosso Senhor Jesus Cristo e o poder e a virtude de Maria Santíssima sejam comigo e contigo.

Amém”

No fim destas palavras, diz-se um Credo-em-cruz sobre a semente, isto é, fazendo cruzes com a mão direita dobre a dita semente.

Seta forma, fica a semente com todo o poder e virtude. Passa-se depois por uma pia de água benta. Depois disso tudo, deve-se colocar a semente em um vidro, deixando-o bem tapado.

Em relação aos poderes dos encantos, deve-se dizer que:

  1. Toda criatura que obtiver esta semente, se tocar com ela em outra pessoa com má intenção, pecará mortalmente por se servir de um mistério divino para prejudicar outra pessoa.
  2. Incorre na pena de excomunhão qualquer pessoa que toque outra com esta semente para atrapalhar seus negócios e encantar-lhe os seus trabalhos, para não lhe correrem bem.
  3. Toda pessoa possuída pelo mal será curada se for tocada com a semente por outra pessoas com viva fé em Jesus Cristo.
  4. A semente tem a virtude de curar qualquer enfermidade, se usada por pessoa com grande fé em Jesus Cristo.
  5. A semente tem a virtude de nos defender do inimigo ou de suas astúcias.
  6. A semente tem o poder oculto de fazer uma pessoa por quem se está apaixonado, ou interessado, corresponder. Proceder da seguinte forma: ao conversar com a pessoa querida, jogues sobre ela três grãos da semente do feto e ela corresponderá aos seus sentimentos.
  7. Esta maravilhosa semente encerra encantos para tudo o que se seu possuidor desejar conseguir.