Press "Enter" to skip to content

As Versões do Livro de São Cipriano e o Livro Capa Preta

Segundo a lenda, o famoso Livro de São Cipriano foi redigido antes de sua conversão, mas o mistério que envolve a vida do Santo interfere também em seu livro.

Supostamente, uma parte dos manuscritos foi queimada por ele mesmo. A questão é que não se sabe quando e por quem os registros foram reunidos e traduzidos do hebraico para o latim, e posteriormente levados para diversas partes do mundo.

No decorrer dos anos, o conteúdo sofreu alterações significativas. Houve uma adaptação de acordo com as necessidades e possibilidades contemporâneas; além da adequação necessária na tradução para os vários idiomas.

Esses fatores colocam em dúvida a fidelidade das versões recentes, se comparadas às mais antigas. Também é dito que, na verdade, São Cipriano teria escrito três livros: o Capa Preta, o Capa Branca e o Capa de Aço, sendo que os três se completariam e ainda exigiriam do dono a solução de códigos ou enigmas.

Veja:  O Livro de São Cipriano Das Almas

E ainda, há quem diga que só existem as versões Capa Preta e Capa de Aço, sendo que a segunda não teria sido escrita por Cipriano, mas por discípulos dele.

As edições Capa Preta e Capa de Aço, ou aquelas intituladas como o autêntico, o verdadeiro, ou o único, enfatizam um mesmo acervo mágico central, e ainda exaltam o Cristianismo e a vitória do bem sobre o mal.

Porém, existem grandes diferenças no conteúdo; enquanto alguns exemplares apresentam histórias e rituais inofensivos, outros apelam para campos negativistas e destrutivos da magia.

O Livro Capa Preta

É dividido em dez partes e considerada a única das obras que contém a Oração da Cabra Preta Milagrosa. O livro leva consigo poderes ocultos no pensamento obtidos por centenas de viagens feitas por todo o mundo e pelos rituais de estilo do mago.

Veja:  São Cipriano e o Grimório

Inclusive, em certa época de sua vida, obteve algum estilo e ensinamentos da famosa Bruxa de Évora, com a qual aprendeu magia negra.

Isso despertou o interesse de personalidades de grande riqueza, o que lhe possibilitou tornar-se dono dela e de uma fortuna inestimável.

Após a morte de Évora, Cipriano apoderou-se dos manuscritos da jovem bruxa e da comida da despensa dela, com os quais pode invocar a presença do diabo.

Compartilhe Esta Página: